• Everton Silva

Santiago - Chile


Linda, surpreendente e emocionante! Amar Santiago não é tarefa difícil, acreditem. Para quem mora em cidades como São Paulo ou Rio, o choque de organização, limpeza e praticidade é inevitável. Como primeira postagem, resolvi falar sobre Santiago, que é uma cidade que demorei muito tempo para conhecer, visto que já havia visitado vários outros países antes de ir lá. De Santiago você pode esperar muito mais do que vinhos chilenos (pra falar a verdade eu nem bebi quando estive lá). A cidade tem um mix de história e modernidade que te faz suspirar e arregalar os olhos sem ter que andar muito. Particularmente eu não tinha noção que na America do Sul eu poderia encontrar uma cidade tão evoluída e bela como Santiago. Por isso escolhi como primeira postagem. Vamos começar pelo aeroporto. SCL - Arturo Merino Benítez com vôos diretos de São Paulo e do Rio de Janeiro Simples, não muito longe da cidade, e de fácil acesso à cidade. Há ônibus no desembarque que levam para o centro, e no caminho para em frente a diversas estações de metrô.

Prefira os vôos durante o dia e se você não é adepto a sentar na janela, reconsidere sua posição quando for conhecer Santiago. A vista da Cordilheira dos Andes é deslumbrante, e o comandante informa que estamos nos aproximando.

HOSPEDAGEM Ao escolher um lugar para se hospedar, as escolhas são inúmeras desde muito baratas até as de luxo, como em todas as grandes cidades. O que percebi ao buscar um lugar para ficar, é que para quem não pretende gastar muito, as opções bem localizadas são inúmeras. Especialmente dos apartamentos (muitos até em prédios residenciais). Baseado tanto nas pesquisas que fiz quanto no que vi em questão de localização quanto qualidade, sinta-se a vontade para escolher um local para ficar entre o Centro e o bairro de Providência. Digo isso porque tanto no transporte público quanto de carro, para chegar de um a outro, você basicamente seguirá uma linha reta com várias atrações da cidade no caminho. Eu escolhi ficar no centro, pois o hotel que encontrei ficava a passos do Palácio de La Moneda e do metrô. Sem contar que o valor que paguei foi muito atrativo! :)

TRANSPORTE A menos que você pretenda alugar um carro, o que eu não aconselho pois o valor do combustível não é dos mais atrativos, sem dúvida sua melhor opção será utilizar o metrô. T-U-D-O de interessante em Santiago fica próximo de uma estação do metrô. As estações são práticas, limpas, algumas até muito bonitas e seguras. Compre o cartão bip! que é o Bilhete Único deles e carregue de acordo com a rota que pretende seguir, pois as filas para carregar costumam ser meio longas. O bip! funciona não só no metrô, mas também nos ônibus e trens da cidade (assim como o bilhete único rs).

ONDE COMER E VIDA NOTURNA

Misturando a vida noturna com a concentração dos restaurantes e bares mais legais de Santiago, minha sugestão definitivamente é o Bairro Bellavista. Lá você vai encontrar uma espécie de shopping chamado Patio Bellavista que é cheio de restaurantes e lojas de artesanato local.

Também encontrará ótimos restaurantes nas ruas adjacentes ao pátio.

Falando de vida noturna, o Bairro Bellavista é sem dúvidas o mais badalado da cidade, com atrações para todos os gostos (inclusive para o público LGBT).

O único que não posso deixar de mencionar aqui, é o Como Agua Para Chocolate. Restaurante super famoso entre os Brasileiros que vão a Santiago, muito bonito, mas com um atendimento PÉSSIMO!

COMPRAS

Como em toda cidade grande, as opções de compras são inúmeras, então vou tentar ser objetivo.

Santiago tem galerias no centro, artesanato local espalhado por toda a cidade, e caso você queira um super shopping com marcas ótimas (mas preços equiparados ao normal, nada mais barato), vá ao Costanera Center.

A moeda local é o Peso Chileno, bem mais barato que o Real, mas não se engane pois os preços na grande maioria são equiparados então acaba dando no mesmo. O interessante é a variedade de coisas que você encontra para comprar a preços acessíveis. Mas como eu disse, não se engane pois Santiago não é um paraíso de compras como Miami ou Nova Iorque.

O maior arranha céu da America Latina, que além do shopping, tem um mirante que você pode subir e se encantar com a vista da cidade. Vale muito a pena, e o ingresso é bem barato!

PASSEIOS

Aproveitando a deixa do Costanera Center que desde sua construção se tornou ponto indispensável ao conhecer Santiago, vamos falar de alguns lugares que aos que vão pela primeira vez, não devem perder!

Vou falar do que eu fui, com certeza Santiago tem muito mais pra se ver. Só que não é minha intenção tornar esse post infinito.

O primeiro e mais fácil de todos por localização e fácil acesso é o Palácio de la Moneda

Seguido de Moneda, você pode tirar fotos da Torre Entel, que durante à noite fica iluminada e muito bonita. A torre é praticamente impossível de passar despercebida, e fica a passos do Palácio de La Moneda.

Outro passeio muito legal também é o Cerro San Cristobal, que te dará uma vista panorâmica de Santiago, sensacional. Mas prepare-se para subir muitos degraus a pé... portanto tênis confortáveis são a melhor escolha para esse passeio.

Caso goste de Museus, minha dica é o Museo Nacional de Bellas Artes. É bonito, não é cansativo, e é de graça :)

O meu conselho é definitivamente comprar um ticket do Hop On Hop Off Bus pois vai poder conhecer com calma todos os principais pontos turísticos, sem correr o risco de entrar em locais que não valham a pena, além de ouvir a história de cada ponto ao passar em frente dele.

Não deixe de visitar Cajon del Maipo também

O Embalse el Yeso é umas das maravilhas que o Chile tem a oferecer, e fica há 1:30h de Santiago.

Por último não posso fazer um post de Santiago sem falar do passeio imperdível que só vale a pena se você visitar a cidade no Outono e Inverno: O Valle Nevado! Há diversos tours que te levam ao Valle Nevado, você pode comprar do Brasil ou até mesmo no centro da cidade. Sugiro comprar com antecedência em uma operadora de sua confiança para não ser vítima de golpes, como eu presenciei pessoas sendo. Prepare o bolso para alugar as roupas especiais de neve (parada obrigatória dos tours antes de subir a cordilheira). Pensei antes de alugar, e ufa... ainda bem que não decidi economizar, pois a diversão na neve seria impossível sem essas roupas (especialmente as botas). Mas como eu disse, prepare-se pois por pessoa você irá gastar no mínimo uns 200 reais dependendo do equipamento que pegue.

No meio da subida há outra parada para você tomar um chá que segundo eles vai ajudar a não ficar tonto com a altura. Sinceramente eu não tomei e não senti falta... desci somente para tirar fotos! Por fim você salta no Valle Nevado onde pode brincar na Neve e depois se quiser comer em um restaurante onde (como na maioria dos lugares na cidade) não adianta esperar um serviço cortez e gentil, porque não terá! Mas o que servem é bom e a experiência vale a pena.

Caso tenham alguma dúvida sobre o destino, podem me perguntar nos comentários que eu terei o maior prazer em responder! Abraços

#Chile #Santiago #Neve #ValleNevado #HoponHopOff #AmericadoSul

Sobre Mim

✈ World Traveler

♉ Taurino - Nascido em 1988

 English, Spanish and Portuguese spoken

📍São Paulo - Brasil

🐶😺 Amo animais

 

Leia Mais

12924473_1124827837567708_11127484166396

© Pra onde ir agora?