• Everton Silva

Onde se hospedar em Toronto - Canadá


Continuando nossos posts sobre esse lugar encantador, que não tem fama à toa... vamos falar de Hospedagem!

Toronto é uma cidade bem grande, e a mobilidade nela é bem funcional. Mas eu sempre irei aconselhar os meus leitores a procurarem a hospedagem em uma localização que favoreça tanto o custo quanto o tempo e consequentemente o aproveitamento da viagem.

Ao procurar hospedagem em Toronto, eu aconselho de cara você consultar os pontos de interesse mais famosos da cidade.

Se você, por exemplo quiser ficar nas imediações da CN Tower, vai encontrar entre hotéis de luxo a executivos, com um custo alto a altíssimo dependendo da época do ano. Vai ter comodidade? Com certeza! Muitas coisas você vai até conseguir fazer a pé. Mas conforto custa dinheiro, sabemos disso.

Só que você não precisa se afastar do centro para pagar um valor aceitável em hospedagem. Mencionei o entorno da CN Tower, porque ali de fato é a bolha de Toronto. Mas nas imediações do Eaton Centre o Garden District você vai encontrar ótimas opções de hotel, num preço ok e ainda estará perto dos pontos de interesse.

Estamos falando da quarta maior cidade da América do Norte... logo, não vão faltar opções!

Então vamos simplificar, pra que você possa escolher com mais exatidão:

Entertainment District (Downtown)

O nome desse distrito já diz tudo. É aí que você vai encontrar a maior concentração de entretenimento da cidade, como a CN Tower, o Ripley's Aquarium, o Rogers Centre, o Mercado St Lawrence, o Air Canada Centre, o Hockey Hall of Fame e também o acesso para às ilhas de Toronto.

É sim um dos lugares mais caros pra ficar, mas tendo em vista tudo isso que você vai estar a passos de ver, pode valer a pena.

Garden District

Ainda no centro, essa região é onde você vai mais se sentir em Nova York (caso conheça). Isso porque é onde se concentra o que há de melhor pensando em compras na cidade. Especialmente se você escolher hospedagem próximo da estação Queen do metrô, pois vai conseguir ver atrações como o Toronto Old City Hall, o Dundas Square, o Nathan Philips Square e o gigante Toronto Eaton Centre, que é um shopping gigante que você vai encontrar de tudo. Inclusive estação de metrô!

É também a parte da cidade que no inverno você vai encontrar o subterrâneo mais completo com lojas e acesso à hoteis sem que tenha que sair para o frio da rua.

Yorkville

Essa é uma região mais requintada na cidade. Um bairro nobre mesmo. Se você está disposto a gastar, esse é o lugar.

Nesse bairro você encontra os famosos Royal Ontario Museum, o Queens Park, a Biblioteca pública, e um entorno com um número considerável de escolas e universidades. A estação do metrô Museum que fica entre o museu e o parque, é um espetáculo à parte, porque tem pilastras em formato de obras de arte, e é toda decorada para lembrar um museu.

ChinaTown

Uma região (como na grande maioria das ChinaTowns espalhadas pela América do Norte), bem caída na minha opinião, cheia de xing lings, luzes, barulho, poluição visual e cheiros fortes. A hospedagem nessa área costuma ser mais barata mesmo. Porém o desafio é encontrar um hotel legal.

Se você ficar em ChinaTown, pelo menos não vai penar em questão de entretenimento e fácil acesso ao centrão, porque ela fica bem próxima, além de oferecer um custo mais baixo.

Lá você encontra também a Grafitti Alley (semelhante ao Beco do Batman aqui de São Paulo), a Art Gallery of Ontario que é um museu lindo e super descolado, e muitas compras de souvenirs!

Você só não vai encontrar metrô nessa região. Em compensação vai ter a oportunidade de usar o bonde eletrico, que é bem moderno e funcional, desbravando a enorme Spadina Avenue inteira. Bem interessante!

Casa Loma

Um bairro bem afastado de tudo, e bem mais residencial. Se você quiser ter uma experiência um pouco menos cosmopolita, esse é o ideal!

É lá que você encontra o famoso castelo Casa Loma que é um museu, e um dos pontos turísticos mais lindos de Toronto. Elegante em todas as ruas, com aquelas casas em formato padrão com entradas caprichadas em cada detalhe. É definitivamente o bairro que quem quer sossego em Toronto, deve escolher.

Além da Casa Loma, nesse bairro você encontra atrações como o Spadina Museum, o Baldwin Steps, e o Parque Roycroft. Todos (exceto a Casa Loma) atrações muito tranquilas o ano inteiro.

A estação do metrô mais próxima do bairro Casa Loma é a Dupont que faz parte da linha 1, que é a principal para te levar para a "bolha".

Uma opção interessante para quem queira ficar na Casa Loma, seria alugar uma casa! Daí a experiência canadense ficaria bem mais encantadora!

Deu pra ver que Toronto tem opções para todos os gostos quando você pensa em hospedagem, certo?

Não vou fazer média com vocês e dizer que é uma cidade barata, porque definitivamente não é! Especialmente se você planejar ir de maio à setembro que é o período onde as temperaturas são mais amenas, as paisagens da cidade são mais limpas em termos climáticos para se ver, e é quando tudo acontece por lá. Mas se programando, e escolhendo conscientemente onde ficar, dá pra ir sim pessoal!

Vamos de mapa?

Preparei um aqui pra vocês, para que possam ter uma visão do que eu falei e onde fica cada região mencionada:

*os pontos no mapa com o ícone da cama são os bairros

Espero ter ajudado vocês com a escolha da hospedagem em Toronto, e caso precisem de alguma orientação, é só deixar nos comentários que a resposta virá!

Aproveitem e já comecem a cotar e emitir seus hotéis em Toronto através do link que eu preparei acima com seleção dos melhores nas regiões que citei!

#Toronto #Canadá #AmericadoNorte #Hospedagem #sightseen #Oquefazer #ondesehospedar #LGBT #dicaspraticas

Sobre Mim

✈ World Traveler

♉ Taurino - Nascido em 1988

 English, Spanish and Portuguese spoken

📍São Paulo - Brasil

🐶😺 Amo animais

 

Leia Mais

12924473_1124827837567708_11127484166396

© Pra onde ir agora?