Florianópolis - SC

December 13, 2017

Conhecida como a Ilha da Magia, essa cidade não nega a fama que tem! 

 

Florianópolis ou Floripa como queira chamar, é uma cidade que mistura aventura, diversão, alegria e muita.... mas muita beleza! 

 

Situada em uma ilha mesmo, a cidade é a capital do estado de Santa Catarina, mas não pensem que por ser a capital o clima é caótico... vou mostrar pra vocês! 

 

Aeroporto 

 

O aeroporto de Floripa é o Hercílio Luz (FLN )

Ele fica considerávelmente afastado dos pontos de interesse da cidade, portanto quando for já se programe no trajeto.

 

Não é um senhor aeroporto viu? É pequeno e bem simples, e eu diria que a áerea de embarque é até bem desorganizada. Mas atende a necessidade! E tendo em vista que ele recentemente foi privatizado, melhorias estão por vir. 

 

Tanto para saída do aeroporto, quanto para tudo em Florianópolis, minha primeira dica é: Alugue um  carro!!! 

O transporte público lá é bem confuso, demorado e táxis ou carros de aplicativo não costumam ser baratos. Portanto, pensando em comodidade e conforto, considere sim alugar um carro. Eu não aluguei e me arrependi amargamente! 

 

Hospedagem 

 

É preciso ter muita cautela antes de escolher a hospedagem em Florianópolis.

Eu diria que os 3 fatores que você deve considerar antes mesmo de fazer a busca, que se aplicam pra quase todas as viagens, falam bem alto nesse caso:

 

 

 

- Localização: Quero estar num lugar badalado ou mais calmo?

- Preço: Quanto estou disposto a pagar pela hospedagem?

- Comodidade: O que eu espero do estabelecimento? 

 

Se a sua viagem é para conhecer a cidade e o que ela tem para oferecer em matéria de turismo, para evitar desconforto e trânsito intenso eu aconselharia você ficar na região do centro (próximo à ponte), pois o centro de Floripa é bem completo e você encontra de tudo. 

 

Caso queira luxo e comodidade, e esteja disposto a desembolsar um bom dinheiro por isso, sua localização ideal é na praia de Jurerê Internacional e arredores. 

Especialmente se você estiver indo à Florianópolis numa viagem romântica com com crianças, esse vai ser o lugar ideal devido à estrutura que oferece. Mas lembro: Vai ser caro!!! 

 

Agora se você está indo como a maioria das pessoas que vai pra Ilha da Magia, que é procurando diversão e agito, o melhor lugar para você escolher um hotel é com certeza no entorno da parte sul da Lagoa da Conceição. Mas específicamente falando, próximo da Avenida das Rendeiras.

O valor fica no meio termo comparado com o centro e Jurerê, e a diversão vai ser garantida! Até porque duas das praias mais famosas da cidade estão ali (Praia Mole e Joaquina). 

 

Coloquei no mapa abaixo, como de costume, as marcações de onde você escolher hospedagem vai ser sucesso: 

 

 

O que eu posso dizer pra vocês é que ficar pra baixoda Lagoa da Conceição  na ilha, fará com que você fique em uma parte da cidade que não tem atrativo nenhum para turistas (apenas para locais) e vai garantir que você gaste tempo e dinheiro se deslocando para ver o que realmente tem de legal na cidade. Portanto essas três marcações devem ser a sua escolha ao procurar um hotel ou pousada em Floripa. 

 

Você pode encontrar os melhores e mais acessíveis através do campo abaixo: 

 

 

Passeios

 

A cidade tem um leque de coisas pra fazer imenso, mas no geral o que mais você vai encontrar é praia sim. Afinal é uma ilha! 

Só que pra não ficar pra trás, essas praias são carregadas de atividades para todos os gostos. 

 

 

 

Ponte Hercílio Luz

 

Essa ponte é o motivo pelo qual alguns associam Florianópolis à San Francisco brasileira. Inaugurada em 1926, essa é a maior ponte pencil do Brasil. 

 

 A ponte é fechada para o trânsito desde os anos 80, gerando gastos para a cidade que não faz uso da mesma como deveria tendo em vista que é uma ponte. Mas por se tratar de um patrimônio tombado, ela permanecerá ali para encantar quem passe por Florianópolis, até porque, a cidade não tem outro cartão postal mais caracteristico. 

 

Se você der sorte, vai conseguir ver a ponte iluminada durante à noite. É muito lindo! 

 

Palácio Cruz e Sousa

 

Esse palácio do século XVIII é hoje o Museu Histórico de Santa Catarina, que reúne peças da época como mobílias e obras de arte.

 

Os ingressos variam de 2 a 5 reais, e aos domingos a visitação é gratuita, e é possível agendar uma visita com mediação de um funcionário do museu. 

Caso se interessem entrem no site oficial (link) e agendem.

 

Fortaleza de São José da Ponta Grossa

 

Localizada entre Jurerê e Praia do Forte, essa fortaleza que foi construída para proteger a ilha de ataques marítimos, hoje é um ponto turístico com seu interior preservado para visitação. 

 

Nos 3 pavimentos há algo sendo exibido sobre a história do forte, inclusive uma sala de vídeo e uma capela que ainda é utilizada pela comunidade local. 

 

Avenida das Rendeiras

 

Essa é definitivamente a avenida mais badalada que eu vi em Florianópolis. Todos vão para a Rendeiras! Repleta de restaurantes, bares, casas noturnas, passeios de barco e atividades esportivas na Lagoa da Conceição, esse é um lugar que ao ir para Floripa você não deve jamais ignorar! 

 

Ao parar na Rendeiras, não deixe de ir em um dos diversos restaurantes que servem a famosa "Sequência de Camarão" que é típico da cidade. Já aviso que é muito camarão viu? Você vai comer de sair carregado. Mas vale muito a pena!

 

 

Projeto Tamar

 

A cidade também conta com uma sede do Projeto Tamar, que é aberta à visitação com um parque que cota com tanques e outras atrações de conscientização da preservação das tartarugas marinhas. 

 

 

Praias

 

 

Essa é sem dúvida a principal razão pelo qual a grande maioria das pessoas vai à Florianópolis. 

Como se trata de uma ilha, já dá pra imaginar que tem um número enorme de praias, certo? 

 

O post ficaria incompleto se eu nem mencionasse elas! 

Então vou apenas citar as mais importantes e o que você pode encontrar em cada uma ok?

 

 

Jurerê Internacional 

 

Uma das praias mais famosas e chiques do Brasil. É aquele tipo de praia em que você é servido com champanhe e tem uma tenda acolchoada pra relaxar de frente para o mar. 

 

Não espere nada simples ou em conta nessa praia, porque não é nem o foco deles por ali! Pessoas lindas e elegantes, e tudo muito caro. Se você pode $$$ esse é o seu lugar em Floripa! 

 

 Praia Lagoinha do Leste

 

Essa praia é a que mais dá a sensação de intocada pelo homem. Os locais costumam falar de diversas lendas sobre essa praia que só tem acesso através de barcos ou a pé seguindo uma trilha muito difícil e fechada que sai da Praia do Matadeiro. O que aumenta ainda mais o mistério e faz com que ela seja bem atrativa por ser praticamente deserta! 

 

Subindo o morro do lado direito da praia você encontra uma pedra que pode tirar uma daquelas fotos que dão a impressão de estar num penhasco! 

 

Praia da Joaquina

 

Sem dúvidas uma das mais visitadas e populares da ilha, por ser de fácil acesso e muito bonita! 

 

Outros atrativos imperdíveis dessa praia são suas famosas dunas, as pedras, e o pôr do sol que é considerado o mais bonito da cidade, visto de lá! 

Se você prefere praias mais tranquilas, evite a Joaquina especialmente em períodos de alta temporada (verão e carnaval), pois ela está sempre cheia. De qualquer forma não perca o passeio nas dunas! 

 

Praia Mole 

 

A praia onde todo mundo vai para acontecer! Além de ser a praia voltada para o público LGBT (especialmente no seu lado esquerdo), a praia mole é uma mistura de festa agito e diversão o tempo todo.

Com águas cristalinas, e areia grossa porém mole dando a constante sensação de que os pés irão afundar (por isso o nome da praia), a Praia Mole atrai turistas de todos os lugares. 

 

Do lado direito, nas encostas é possível praticar parapente. 

A praia é relativamente pequena, mas muito bonita e animada, com bares, restaurantes e até festas com DJ! Afinal, ela precisava ser mais do que uma praia bonita para ser o reduto do público LGBT em Floripa, certo?

 

Praia da Galheta

 

Essa praia tem acesso somente através de uma trilha que começa na final do lado esquerdo da Praia Mole. 

O que você pode esperar dela? NUDISMO!!!! 

Sim essa é a praia onde os adeptos ao nudismo se reúnem e aproveitam a natureza, do jeito que vieram ao mundo. 

 

 

Não há nada além de uma ou duas barraquinhas vendendo bebidas nessa praia, porque construções são proibidas por lá, inclusive acampar também não pode. Portanto se você for, vá desprendido não só das roupas ok? rs 

 

Ilha do Campeche

 

Esse é mais um daqueles lugares que Florianópolis oferece aos turistas com a sensação de "intocado". 

Ilha situada em frente à Praia do Campeche (que na minha opinião não tem nada demais, só o acesso à ilha que é maravilhosa mesmo).

A ilha obviamente só tem acesso de barco, que atraca na praia da enseada. De lá você consegue (dependendo da época e da maré) até encontrar algumas piscinas naturais, ideais para passeios com família. 

 

É possível também visitar o sítio arqueológico com acompanhamento de um guia, e claro pagamento de uma taxa. 

O lugar é bem paradisíaco mesmo, e usar metade de um dia da sua viagem para visitá-lo vai com certeza ser uma experiência satisfatória! 

 

A melhor época para visitar Florianópolis sem dúvidas é o Verão! 

E é também a época em que a cidade está mais cheia e quando tudo acontece por lá.

 

Já falei anteriormente e repito: Alugue um carro! Isso vai tornar sua viagem muito melhor te dando a liberdade de ir para todos os pontos da ilha a hora que quiser sem ficar dependendo de táxi, nem muito menos do transporte público. 

 

 

 

Tem mais alguma coisa pra falar sobre Floripa? Não deixe de acrescentar pra nós nos comentários! 

 

Até o próximo destino.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Você também pode gostar:

O que fazer em Praga

December 9, 2019

O que não passa no Raio X do aeroporto?

November 7, 2019

1/2
Please reload

Sobre Mim

✈ World Traveler

♉ Taurino - Nascido em 1988

 English, Spanish and Portuguese spoken

📍São Paulo - Brasil

🐶😺 Amo animais

 

Leia Mais

12924473_1124827837567708_11127484166396

© Pra onde ir agora?