• Everton Silva

Roteiro de 1 dia na Cidade do México

Se ao passar pelo México, você conseguir incluir 1 dia na capital, certamente vai conseguir conhecer bastante e entender porque é uma cidade tão visitada. Nesse post eu quero mostrar o que fazer na Cidade do México em um roteiro de 1 dia que foi o que eu fiz ao aproveitar um stopover quando estava voltando de Cancún.



A Cidade do México é uma metropole enorme e cheia de coisas para fazer, afinal nós estamos falando da 8ª cidade mais rica do mundo. E a primeira coisa que (para um roteiro tão rápido) eu já aconselho vocês a fazerem, é evitar alugar carro!

CDMX é conhecida por ser uma das cidades com trânsito mais caótico das américas. Então, considerando que temos pouco tempo, vocês não vão querer ficar presos no trânsito certo?



Onde ficar?

Caso tenha que dormir uma noite por lá, escolha como base o centro! Vai te garantir percorrer tudo com muito mais facilidade, e o melhor: matar a maioria dos lugares a pé!

Estou colocando aqui uma dica de hotel bom e barato (além de super bem localizado) confira nesse link



Para passear, vamos considerar o roteiro andando de trás pra frente na direção do centro.


USEM O HOP ON HOP OFF conhecido na cidade como Turibus, pois ele tem 3 linhas diferentes, e te leva pra conhecer o principal da cidade. Não vai ter erro!

Você pode pegar ele em frente à Alameda Central ou próximo do Zocalo. Eu escolhi entrar nele em frente ao Museu Nacional de Arte que é maravilhoso, mesmo que você não entre nele, vai amar a faixada!


Pontos que você (usando o Turibus) vai conseguir parar em 1 dia, tranquilamente:


Paseo de La Reforma

Principal avenida de toda a cidade. É nela que você vai encontrar aqueles arranha céus incríveis que CDMX é tão famosa por ter.



Bosque Chapultepec

Esse é o maior parque da cidade. Enorme mesmo! Tem muitas coisas legais pra fazer nele, mas a atração mais interessante e que é a que você não deve perder, é o Castelo do Chapultepec, que fica na colina mais alta dali.

A entrada custa 80 pesos + 10 pesos do armário para guardar suas coisas como água e comidas (não pode entrar com absolutamente nada comestível) e paus de selfie, além é claro das bolsas.


A dica especial para esse bosque é descerem no ponto logo após a Fonte da Diana Cazadora, pois isso vai te garantir entrar pelo portão que fica mais próximo da subida para o castelo. Vai economizar tempo e perna, já que a subida é bem cansativa até o castelo!


Angel de La Independencia

Aquela estátua de um anjo de ouro que todo mundo vê nos cartões postais de CDMX, certamente você vai querer sua foto ali, e por ser um ponto que vai passar tanto na ida quanto na volta do bosque pelo Hop on Hop off, você não deve deixar de descer e admirar.



A única coisa que vai ter que tomar cuidado é para atravessar a rua, pois ele fica no centro de uma rotatória que não tem nenhuma faixa de pedestres!


Fuente de Cibeles

Quem já foi à Madrid na Espanha, sabe que a Plaza Cibeles é um dos lugares mais lindos da cidade.

Em CDMX você pode encontrar uma réplica da mesma que está em Madrid, representando a deusa Cibeles. Ela por sinal é um símbolo de amizade entre os dois países.



É tão linda quanto, e o entorno faz com que, mesmo sendo a mesma estátua, você tenha uma sensação diferente da que tem ao visitar a da Espanha. Portanto vale muito à pena, e em 10/20 minutos você consegue fazer essa visita!

É no entorno da Fuente Cibeles também que eu escolhi comer, pois trata-se de um bairro que antigamente viviam as pessoas de classes altas de CDMX, mas hoje é repleto de restaurantes que substituiram essas moradias. Na praça da fonte inclusive, você consegue sentar em charmosas mesinhas públicas para comer!



Claro que não parei em restaurante nenhum. Peguei uma coisa rápida para comer no caminho, pois parar em restaurante limitaria mais ainda o meu tempo. É uma escolha que quem está programando um roteiro de 1 dia deve levar em consideração.


Monumento a la Revolución

Um dos monumentos mais emblemáticos de toda a cidade. Ele está paralelo à avenida Paseo de la Reforma, e conta com um museu no subsolo, e um elevador para subir até o topo. Mais um ponto principal de CDMX que nesse roteiro de 1 dia eu consegui incluir tranquilamente. Pra ser sincero eu parei nele 2 vezes no mesmo dia.



Esse é um dos poucos monumentos do mundo em que os turistas conseguem visitar desde os alicerces até o topo. No projeto inicial ele seria bem maior, e serviria como um Palácio Legislativo Federal.


Alameda Central

O parque público mais antigo das américas. Fica bem no centro, e sinceramente por dentro não tem nada demais para se ver, o bacana é o monumento do Hemiciclio a Juárez que fica na parte da Avenida Juarez.



Palácio de Bellas Artes

Pra mim, sem sombra de dúvidas, é o que tem de mais lindo na cidade inteira! Calma... estou me referindo aos monumentos ok?


Esse palácio fica bem depois da Alameda Central e é incrivelmente lindo com o seu teto laranja, meio que lembrando a cor dos raios de sol.



Uma dica boa pra você não perder tanto tempo e conseguir ver ele na sua forma mais bonita, é subir no café que tem em frente ao palácio do outro lado da rua! De lá você consegue tranquilamente pedir um café, sentar na sacada e admirar não só o palácio e a Alameda Central, mas boa parte da cidade do alto.

*Só tome bastante cuidado com carteira, bolsa e celular nesse entorno ok?



Olhando de frente para o Bellas Artes, à sua direita, cruze a Calle Francisco I. Madero onde você vai ver a Torre Latinoamericana, Casa dos Azulejos, a Casa San Agustín, e a Igreja La Profesa, até chegar em mais um ponto importantíssimo de CDMX e super possível de visitar nesse roteiro de 1 dia


Zocalo

A Praça da Constituição que é onde fica o palácio do governo e constitui o coração da Cidade do México.



No Zocalo nós encontramos o Palácio Nacional, a Catedral Metropolitana (que por sinal está bem tortinha por causa de terremotos), o antigo Palácio de Ayuntamento e muitos prédios comerciais. Sem contar com a bandeira mexicana que sinceramente é uma das maiores que eu já vi na vida!



Subir em um dos restaurantes que tem no entorno do Zocalo vai te garantir uma visão mais panorâmica e de quanto essa área é enorme e imponente.




Dica extra pra terminar o roteiro:


Templo Mayor

Se ainda te sobrar tempo, aproveite para conhecer as ruínas do Templo Mayor, que ficam atrás da catedral.



Super aconselho você tentar pois nessa visita você vai ver um contraste entre a cultura dos maias que foi dizimada dali com a invasão dos espanhóis.



E se for não deixe de comprar seus ingressos com antecedência para não perder tempo em fila!




0 comentário

Posts recentes

Ver tudo