• Everton Silva

Petrópolis - Rio de Janeiro


É impossível não se apaixonar pela cidade serrana mais famosa do estado do Rio de Janeiro.

A cidade imperial é uma joia que fica há menos de 2h de carro da capital carioca.

Conhecer Petrópolis, é uma imersão na nossa história e uma experiência que definitivamente vale a pena.

Acesso

Não há aeroporto na cidade, portanto o acesso à Petrópolis é através de carro ou ônibus.

Caso você venha de longe, minha dica é ir de avião e do aeroporto escolher um translado (ônibus, táxi ou aluguel de carro).

Se optar ir de avião mesmo, dê preferência ao aeroporto Galeão (GIG), pois vai encurtar e muito dependendo do trânsito o seu tempo na estrada até chegar em Petrópolis.

De qualquer forma a cidade também tem uma rodoviária, que recebe ônibus de diversos lugares. Principalmente do Rio de Janeiro.

Depois que você subir a serra, vai chegar na entrada oficial de Petrópolis, e é onde a experiência mágica começa!

Hospedagem

Petrópolis não é uma cidade grande, de qualquer não há outro lugar que eu aconselhe procurar uma hospedagem que não seja nos arredores do centro mesmo, próximo à Catedral, Avenida Koeller ou via de acesso para a cidade, próximo do Palácio Quitandinha.

Locomoção

Essa é uma peculiaridade da cidade, que na minha experiência em Petrópolis me fez ter certeza para dar a dica pra vocês:

Alugue um carro!

A cidade é pequena, tem transporte público, mas é muito confuso pra quem vai á passeio e não conhece. Sem contar que são muitas ruazinhas que parecem uma com a outra (principalmente no centro), e que forçam quem não conhece grudar no GPS pra não ficar rodando pra lá e pra cá até encontrar o que quer ver.

Se optar por alugar o carro coloque na cabeça que fará parte do passeio encontrar um lugar para estacionar caso vá em dias de alta temporada (junho à agosto), ok? Portanto paciência e aprecie a vista que é linda!

Passeios

O sightseen em Petrópolis é literalmente se sentir em uma novela de época a cada rua que se entra!

Linda, limpa, e com arquitetura do tempo colonial. A cidade não deixa a desejar no quesito passeios e atrações.

Ideal para programar um fim-de-semana em família, casal, amigos ou até sozinho mesmo.

Durante todo o dia há o que se ver e apreciar em Petrópolis e à noite também não deixa a desejar.

Catedral de São Pedro de Alcântara

Não tem como começar a falar de Petrópolis sem que seja dessa catedral maravilhosa. Por dentro e por fora, de qualquer ângulo, não há outra palavra para descrever essa catedral se não incrível!

Essa construção neogótica é também o mausoléu da família imperial brasileira. Ou seja, o passeio envolve fé e história!

Os vitrais coloridos que estão nas janelas tem poemas que foram escritos pelo imperador Pedro II durante o exílio.

Visitar ela aos sábados é uma experiência melhor ainda, porque é o dia em que geralmente está enfeitada para casamentos.

Palácio Quitandinha

Esse palácio que foi construído no estilo rococó hollywoodiano no interior e francês no exterior para ser o maior cassino da América do Sul, hoje abriga o SESC Rio e tem apartamentos particulares residenciais.

Em frente ao prédio que por anos também foi um sofisticado hotel, existe um lago que foi feito no formato do mapa do Brasil ao contrário, onde o farol representa a Ilha de Marajó.

Esse sem dúvida é um ponto imperdível de Petrópolis e deve ser visitado com tempo, pois é um passeio para se admirar.

Palácio de Cristal

Construído para cultivas as hortaliças da princesa Isabel, o Palácio de Cristal é outra atração que quando você estiver em Petrópolis, não vai poder deixar de ver.

Ele foi inspirado nos Palácios de Cristal de Londres e do Porto.

Hoje ele recebe eventos de diversos tipos, e fica aberto diariamente ao público para visitação.

Dono de um jardim encantador, você não pode deixar de visitar essa atração quando for à cidade.

Casa da Princesa Isabel

Cenário da última foto que se tem registro da família real no Brasil, hoje a casa é um Antiquário com peças da época da monarquia à venda.

No seu jardim, são plantadas camélias brancas que representam o movimento abolicionista no qual a Princesa Isabel teve tanta importância.

Museu Imperial

Esse definitivamente é o passeio de Petrópolis que mais vale a pena na minha opinião. É uma imersão na nossa história de uma forma bonita e objetiva.

O museu funciona no exato prédio onde foi o palácio da família real, e o acervo mostra a decoração desse local com peças como a coroa, e jóias da realeza da época.

Não tenho fotos do interior, pois é proibido fotografar. O museu é daqueles que preservam tanto a conservação do espaço que você precisa colocar pantufas que te entregam na entrada para poder caminhar lá dentro.

O museu é dividido em 3 partes. O Palácio onde está o acervo (parte que para entrar é preciso pagar), a estrutura que abriga as carruagens e uma locomotiva, e o encantador jardim com a casa de chás.

Fique atento pois o museu não funciona segundas-feiras. E no horário que a bilheteria abre geralmente já tem uma fila enorme nos fins-de-semana e feriados. Portanto chegue um pouco mais cedo!

Abaixo as informações de funcionamento retiradas diretamente do site oficial de Petrópolis:

Visitação: terça a domingo, 11h às 17h30 Bilheteria até às 17h30 Ingresso: R$ 10,00 (inteira) / R$ 5,00 (meia) Acima de 80 anos e crianças até 6 anos: acesso livre Grupos de estudantes: agendar visitação Sarau Imperial: Sextas e sábados às 18h30 – R$ 14,00 (inteira) / R$7,00 (meia entrada)* Som e Luz: Quintas, sextas e sábados às 20h R$20,00 (inteira) / R$10,00 (meia entrada)*

Museu Casa de Santos Dumont

A casa de veraneio do inventor Santos Dumont, que foi transformada em um museu super interessante com objetos do próprio inventor e um observatório no último andar.

Para entrar na casa, há uma escada que somente se consegue subir iniciando com o pé direito, também o primeiro chuveiro de água quente inventado por Santos Dumont, além de outras coisas dele.

A casa também é conhecida como A Encantada, e também está anexada ao Centro Cultural 14 BIS onde você pode assistir um filme que fala do Santos Dumont e também algumas maquetes que podem ser tocadas.

A Encantada fica na mesma em frente à Praça do Relógio que é um ponto muito bonito de Petrópolis também, O Relógio das Flores enfeita a entrada da Universidade Catolica de Petrópolis UCP e é um ponto que vai te garantir uma vista linda da Praça da Liberdade até a catedral.

Trono de Fátima

Essa é uma escultura que fica no topo de um morro no bairro Valparaíso. A escultura em si na minha opinião só é bonita durante á noite que fica iluminada, mas o que torna esse ponto turístico um atrativo para quem está em Petrópolis, é a vista incrível da cidade histórica de lá de cima. Não deixe de ir!

Num geral deu pra ver que Petrópolis é um destino muito agradável e convidativo.

Ar gostoso de se respirar, povo hospitaleiro, e muito pra se descobrir.

Petrópolis tem crescido mais e mais no ramo de cervejas artesanais, e é lá que você encontra a Cervejaria Bohemia que é outro ponto que atrai os turistas para a região e vai garantir um divertido final de tarde na cidade caso vá em família ou amigos.

Na minha opinião, reservar um final de semana para conhecer Petrópolis é o suficiente para aproveitar o que a cidade tem de melhor.

Como mencionei acima, a alta temporada é o inverno, e a que mais se acontecem os eventos específicos.

Espero que gostem de Petrópolis assim como eu gostei, e compartilhem nos comentários suas experiências nessa cidade linda!

Até a próxima.

#Brasil #sightseen

Sobre Mim

✈ World Traveler

♉ Taurino - Nascido em 1988

 English, Spanish and Portuguese spoken

📍São Paulo - Brasil

🐶😺 Amo animais

 

Leia Mais

12924473_1124827837567708_11127484166396

© Pra onde ir agora?